Assim começou uma grande história.

HISTÓRICO

A Cepalgo foi fundada em 1975 Ribeirão Preto por Sandro Mabel Scodro e Nestore Scodro, e nasceu como uma verticalização da Biscoitos Mabel . Ao longo do tempo se tornou uma empresa independente e com altos níveis de crescimento e investimento.

Foi pioneira na extrusão de filmes multicamadas pelo processo plano (CAST,) em filmes de CPP de alto desempenho e em filmes multicamadas de barreiras assimétricas.
Recentemente, investiu na construção de uma nova fábrica, ocupando uma área construída de mais de 13.000 m².

Atualmente, com sua planta industrial instalada em Aparecida de Goiânia – Goiás, possui os mais modernos e produtivos equipamentos de extrusão, impressão, corte e laminação, os mais competentes profissionais e os processos de mais alta performance conhecidos no mercado.

CERTIFICACÕES DE QUALIDADE

Certificado ISO 9001/2008: O Sistema de Gestão de Qualidade da CEPALGO está certificado em relação aos requisitos da norma internacional NBR ISO 9001:2008 para o seguinte escopo: Produção e Comercialização de Embalagens Plásticas Flexíveis, desde o ano de 2008.

A certificação permite avaliar as conformidades determinadas pela CEPALGO através de processos internos, garantindo ao cliente um produto concebido conforme padrões, procedimentos e normas.
Para a CEPALGO é princípio básico produzir embalagens com qualidade e que respondam concretamente às necessidades dos clientes.
BPF As embalagens da CEPALGO são produzidas de acordo com Boas Práticas de Fabricação (BPF) conforme Guia de BPF e Inspeção Sanitária em Estabelecimentos Produtores de Embalagens e Equipamentos destinados a entrar em contato com alimentos (Consulta Pública nº 79 de 18-11-2009) ; não são tóxicas e não representam qualquer ameaça à segurança e adequação do alimento nas condições de estocagem e utilização (CODEX CAC/RCP 1-1969, Ver. 4-2003).

Atendem à legislação da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) conforme segue:
RDC 105/99: Disposições Gerais para Embalagens e Equipamentos Plásticos em Contato com Alimentos.
Resolução RDC 51/10: Dispõe sobre Migração em Materiais, Embalagens e Equipamentos Plásticos destinados a entrar em Contato com Alimentos.
Resolução RDC nº 91/01: Aprova o Regulamento Técnico – Critérios Gerais e Classificação de Materiais para Embalagens e Equipamentos em Contato com Alimentos.
Resolução 17/2008: Dispõe sobre o Regulamentos Técnico da Lista Positiva de Aditivos para Materiais Plásticos destinados à Elaboração de Embalagens e Equipamentos em Contato com Alimentos.